Língua Portuguesa e Animação de Bibliotecas e Espaços Museológicos

Curso da Unidade Curricular: Licenciatura em Educação Básica
Grau
: Licenciatura

Ano: 3º Ano
Duração: Semestral
ECTS: 6
Tipo de unidade curricular: Opcional

Língua de lecionação: Português

Total de horas de Trabalho: 168 horas
Tempo de Contacto: 60 horas

Pré-requisitos e co-requisitos: Não aplicável
Precedências: Não
Estágio escolar: Não

Conteúdos Programáticos

I – Práticas de Promoção da leitura em diferentes contextos

  • Leitura e família
  • Leitura e escola
  • Leitura e biblioteca
  • A importância da Logoterapia e Biblioterapia

II – Animação da leitura

  • A importância do espaço
  • A função da voz e do corpo
  • A dramatização e outras formas de representação

III – Dinamização de bibliotecas escolares e animação do livro e da leitura – Contextos promotores de literacia:

  • Criação e dinamização
  • Projetos e estratégias de animação do livro e da leitura.

IV – Questões contemporâneas na animação da leitura

  • Tecnologias digitais, multimédia e Internet
  • Leitura interativa, leituras alternativas e literacia informacional

V – A Literatura e língua na construção do saber histórico

  • A Literatura como fonte histórica
  • A língua como património cultural

IV – Dinamização espaços museológicos

Objetivos de Aprendizagem
(Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir)

  • Identificar estratégias diversificadas de animação de leitura
  • Reconhecer a biblioteca escolar, com um público cativo e integrada na escola, como plataforma de aprendizagens e equipamento básico da vida cultural da comunidade educativa
  • Reconhecer o papel da Literatura na construção do conhecimento histórico
  • Conhecer modalidades de dinamização, animação e extensão pedagógica e cultural do livro e da biblioteca escolar
  • Refletir sobre a promoção, divulgação e animação do livro e da leitura na biblioteca escolar
  • Evidenciar os contributos da História na interpretação de textos literários através da contextualização no tempo
  • Utilizar conhecimentos proporcionados pela História na interpretação dos textos literários
  • Desenvolver competências de mediação leitora em diferentes contextos
  • Dinamizar contextos promotores de leitura para públicos diferenciados
  • Criar projetos na área da mediação leitora e em espaços museológicos

Metodologias de ensino e avaliação

A unidade curricular articulará a dimensão teórica e prática. Deste modo haverá aulas teóricas de carácter expositivo com a exposição dos principais conteúdos. Nas aulas práticas os conteúdos serão trabalhados a partir da análise e da elaboração de projetos de animação de bibliotecas e espaços museológicos e de treino de estratégias. Há também momentos de recolha, seleção e sistematização de informação a partir de leituras de textos de referência nesta área e participação interativa e diálogo cooperativo em sessões, temáticas. Cada aluno deverá organizar um portefólio da unidade curricular, onde irá integrar todas as fichas de trabalho resolvidas nas aulas práticas, assim como outros trabalhos (grelhas, exercícios de aplicação de conhecimentos, resumos de projetos) solicitados pelo docente – 60%.

Um projeto para uma sessão de animação de leitura ou espaço museológico, incluindo a conceção, divulgação, realização e avaliação 40%

Bibliografia principal

Ávila, P. (2008). A literacia dos adultos: competências chave na sociedade do conhecimento. Lisboa: Celta

Cerrilo, P. C., Yubero, S. (coord.) (2003): La formación de mediadores para la promoción de la lectura, Cuenca: Ediciones de la Universidad de Castilla-La Mancha /CEPLI

Costa, A. et al (2000). Literacia, problemática e estudos. Lisboa: CIES.

Gardener , Patrick (1995) Teorias da História. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.

Gomes, J. (2000). Da nascente à voz: contributos para uma pedagogia da leitura. Lisboa: Caminho.

Kulthau, C (2002). Como usar a biblioteca na escola. B. H: Autêntica Editora.

Martins, A Coord.) (2002). Didáctica das Expressões. Lisboa: Universidade Aberta.

Martins, Guilherme d´Oliveira (2009) Património, herança e memória. A Cultura como criação. Lisboa: Gradiva.

Sarto, M. (2005). Animación à la lectura, com nuevas estrategias. Madrid: SM

Vieira, Mª (2009) A Arte, Mestra da Vida. Reflexões sobre a escola e o gosto pela leitura. Lisboa: Quimera Editores.

Contacte-nos

Envie-nos por favor a sua dúvida ou questão, através do seguinte formulário.